Folhas tropicais

Jardim vertical natural: uma tendência repleta de benefícios

Além da estética, o jardim vertical melhora a qualidade do ar, climatiza o local, aumenta a umidade e ainda pode atuar como barreira sonora contra ruídos”
 Fonte: https://casa.abril.com.br/bem-estar/jardim-vertical-uma-tendencia-repleta-de-beneficios/

Jardim vertical natural com sistema de irrigação automático

 

O que é um jardim vertical natural?

Basta qualquer disposição vertical de plantas, seja através de vasos, estruturas modulares, em tecido de feltro ou alguma outra e menos conhecida técnica, para poder definir um jardim como vertical (ou seja, construído em uma parede, verticalmente).

No entanto, a técnica utilizada faz toda a diferença. É preciso saber o que está sendo feito desde a fase de projeto até a sua execução para que não hajam prejuízos futuros por conta de erros que deveriam ser eliminados logo no início. 

O jardim vertical natural é um ecossistema vivo em escala reduzida, podendo ser instalado em ambientes externos ou internos e que irá se perpetuar ao longo de anos, tendo a sua longevidade garantida por um sistema de irrigação automatizado.

Jardim vertical e seus benefícios

  • Reaproveita espaços de maneira sustentável

  • Ameniza a temperatura do ambiente

  • Ajuda no isolamento acústico

  • Retém material particulado

  • Diminui o CO² no ar do ambiente

  • Favorece a umidade do ar

  • Melhora a qualidade do ar

  • Auxilia na sensação de bem-estar e alívio do estresse

Conheça o nosso método 

 

Como são feitos os nossos jardins verticais naturais? E porque são considerados jardins verticais profissionais?


Trabalhamos com uma estrutura especialmente construída para abrigar os diferentes tipos de vegetação natural, tendo ou não uma parede, administrado por um sistema automático e inteligente de irrigação que garante a sobrevivência e longevidade das plantas. Todos os nossos jardins verticais naturais são instalados com um sistema tecnológico de irrigação. 


São considerados jardins verticais profissionais todos os métodos que incluem em projeto e execução um sistema automático de irrigação, sistema de drenagem, substrato adequado, plantas selecionadas em projeto por um profissional habilitado para identificar as condições reais de luminosidade e sombra de cada situação para trabalhar com as melhores opções de espécies - sem abrir mão do conceito estético de cada projeto. 

Tendo isto em vista, conseguimos diferenciar um jardim vertical profissional de um amador. Não basta apenas fixar plantas em uma parede e considerá-lo um jardim vertical. Com o passar do tempo uma estrutura que não foi projetada para longevidade e desenvolvimento das plantas, irá atingir seu limite dentro de pouco tempo, seja por falta de constância nas regas; problemas com infiltrações; pragas e doenças por falta de manutenções preventivas.


Em nosso serviço de instalação de jardins verticais naturais, nós oferecemos todo material necessário: projeto conceitual a partir de um estudo de paisagem do ambiente desejado; componentes de irrigação agrícola líder de mercado (RainBird®); Estruturas modulares em plástico (módulos Plastwall®); substrato nutritivo e leve especialmente elaborado para jardins verticais , plantas naturais de viveiros de confiança e acompanhamento pós-vendas.

Cuidados e preocupações com Jardim Vertical

Um jardim vertical profissional dificilmente trará qualquer preocupação para o cliente. No entanto, é indispensável contratar uma equipe de profissionais qualificados para a tarefa:

A Lótus Paisagismo pode orientá-lo sobre todas as etapas do processo - do projeto à execução.

Partindo de um levantamento das condições de luminosidade natural e sombra, conseguimos conceber, junto ao cliente e suas preferências, a melhor forma de construção da estrutura e seleção das espécies mais indicadas. Tudo o que precisamos é de 01 ponto de energia elétrica (220w); 01 ponto de água (para a irrigação); 01 ponto de esgoto (para a drenagem do sistema de irrigação).

Nossa especialidade

A Lótus paisagismo tem como foco e especialidade os jardins verticais naturais profissionais. As espécies de plantas são selecionadas em etapa projetual, de acordo com as particularidades de cada ocasião. Nossos fornecedores de confiança garantem a entrega de mudas em ótimas condições para o plantio. O sistema de irrigação automático fornece a quantidade ideal de água diária necessária, todos os dias, tornando as plantas saudáveis e cada vez mais vigorosas com o passar dos anos. O cliente não precisa ter a menor preocupação em relação às regas, pois deixamos tudo configurado no controlador.

Layouts

Existem dois principais estilos de jardim vertical natural com os quais trabalhamos:

  • Jardim Vertical Urban Jungle

O estilo marcante do jardim vertical urban jungle está nas densas folhagens exuberantes e aparentemente “desordenadas” ,característica muito própria do crescimento natural que ocorre com as espécies em habitats selvagens. 

Organizamos este caos natural em composições únicas, transmitindo aos ambientes internos ou externos a sensação de proximidade com a natureza intocada. 

Preferem ambientes de meia-sombra / sombreados. É uma das maiores tendências no paisagismo de jardins verticais em âmbito nacional e internacional.

  • Jardim Vertical Formal

As texturas, manchas e cores são facilmente identificáveis no jardim vertical formal, que preserva melhor suas formas e as mantém mais “comportadas”. Transmitem mais clareza e elegância aos espaços internos e externos.

Podemos trabalhar privilegiando uma determinada característica, a cor. Mas funciona também com as texturas. Em termos de diversidade de espécies por jardim, possuem menos que o estilo Urban Jungle, ainda sim mantém um elevado grau de densidade de plantas por m².

 
paisagismo  (7).png
okokokokoko.png
paisagismo  (8).png

SAIBA MAIS

Perguntas frequentes 

 

1. Como funcionam os Jardins Verticais da Lótus paisagismo?​

Após uma visita de avaliação do local que se pretende instalar o jardim, nós levantamos em projeto quais serão as espécies mais adequadas para o plantio e quais as melhores opções de construção, definição de layout, etc… tudo decidido em conjunto com o cliente.

2. Como se faz a irrigação do jardim vertical?

Nós deixamos tudo programado e o cliente não precisa mexer em nada no controlador do sistema. Geralmente as irrigações obedecem a 02-03 vezes ao dia, por alguns minutos, todos os dias – esse padrão pode ser aumentando ou diminuído de acordo com as estações climáticas do ano.

3. Como funciona o sistema de irrigação automático?

O controlador do sistema aciona automaticamente, de acordo com um cronograma diário eletrônico, uma válvula que irá liberar a passagem da água somente nos horários que nós permitimos – ou seja, funciona como uma torneira inteligente. Além do controlador, utilizamos tubos de gotejamento que permitem sempre que a mesma quantidade de água saia pelos pequenos orifícios que se estendem por todas as linhas dos módulos plantados.

4. Qual o tamanho das plantas que devo usar no jardim vertical?

Trabalhamos com uma mistura de plantas maduras e plantas mais novas – as proporções são decididas em etapa projetual.
É necessário ter em mente que as plantas irão se adaptar ao local, no local, sendo portanto problemático trabalhar somente com plantas adultas para atingir logo o resultado final, pois isso pode acarretar em alto índice de mortalidade das plantas – que são tiradas de um ambiente e transferidas para outro em questão de poucos dias, traumatizando as mudas.
Precisamos ter paciência e deixar que o tempo de adaptação das espécies ocorra naturalmente. Do plantio ao resultado final podemos estipular a média de 06 meses.

5. Preciso impermeabilizar a parede antes da instalação?

Não é necessário, pois utilizamos módulos plásticos que impendem a passagem de umidade.

6. Quais plantas devem ser usadas no jardim vertical?

Depende de cada situação (são as condições de luminosidade natural, sombra e temperatura do ambiente que determinam as espécies adequadas).

7. Qual a frequência de regas devo programar?

Não há necessidade do cliente se preocupar com isto. Nós deixamos o controlador programado e oferecemos manutenções preventivas.

8. A vegetação deve ser especial?

Não. É necessário ter embasamento para saber quais serão as melhores espécies para cada ocasião. As condições do ambiente definem as espécies do jardim vertical – e não o contrário.

9. O jardim vertical pode ser instalado dentro de casa?

Sim, desde que atenda às 03 necessidades básicas que o cliente precisa nos oferecer (01 ponto de água, 01 ponto de drenagem e 01 ponto de energia elétrica).

10. Por que se usa o plástico? Qual a vantagem disso?

Utilizamos os módulos Plastwall®, da Plastprime, pois são a melhor opção custo-benefício para se trabalhar com jardins verticais naturais, em nossa opinião e de colegas de profissão. O plástico dispensa a impermeabilização prévia das paredes, possuem um prático suporte para a instalação do sistema de irrigação (para as linhas de gotejo), as unidades modulares nos permitem a adaptação em diversas ocasiões, para diferente ambientes.